Vogue quebra paradigmas e traz modelo trans na capa

Crédito: Reprodução

Vogue Paris quebra paradigmas e traz para a capa da edição de março uma trans brasileira.

A garota transgênero Valentina Sampaio, é cearense, tem 21 anos e é a primeira vez que aparece como capa da publicação francesa.

A top model ganhou destaque principalmente na última edição da São Paulo Fashion Week onde desfilou para diversas marcas. A modelo foi escolhida como a estrela da publicação do próximo mês da Vogue Paris.

É a primeira vez que a Vogue Paris estampa a capa com uma modelo transgênero. A cearense foi fotografada por Mert Alas e Marcus Piggot. Entretanto, Valentina não foi marinheira de primeira viagem ao ser capa de uma revista. No Brasil, a modelo já estampou a capa da Elle.

Mudando as regras e voltando ao jogo

Já a próxima edição da Playboy norteamericana voltou a trazer fotos de mulheres nuas, depois de um ano.

À época a revista cedeu à pressão de mulheres que solicitavam a retirada das fotos nuas da publicação, pois consideravam uma prática ofensiva que diminuía a imagem da mulher a apenas um objeto de desejo.

A Playboy declarou ter se abandonado o estilo, por considerarem que s Internet tornava a nudez obsoleta.

A última mulher a aparecer nua na Playboy foi Pamela Anderson, estrela de SOS Malibu, na edição de janeiro/fevereiro do ano de 2016.

Respondendo à nova tendência editorial a publicação traz o título “Nu é Normal”. O diretor criativo da revista, Cooper Hefner, explica:

“Eu serei o primeiro a admitir que o modo como a revista mostrava a nudez estava obsoleto, mas a nudez nunca foi o problema porque a nudez não é problema”

O filho do fundador da revista disse que estão pegando a identidade da Playboy de volta.

A publicação de março/abril investe na polêmica, pois vai trazer entrevista também um guia para o usuários de maconha.