Pedófilos usavam falso perfil de fã-clube de Larissa Manoela para enganar crianças

Crédito: Divulgação

A Polícia Federal do Espírito Santo abriu um inquérito para investigar a ação de pedófilos que agiam usando um falso perfil de fã-clube da atriz adolescente Larissa Manoela no Facebook.

A artista, que estava no ar até a última semana como protagonista da novela teen “Cúmplices de um resgate”, no SBT, conquistou milhares de fãs, a maioria de crianças e adolescentes, com idades entre 8 e 12 anos.

Para iludir as crianças que interagiam com a página Larináticas Manoela (que já saiu do ar), os administradores diziam que trabalhavam no SBT e que colocariam as fãs em contato com o empresário de Larissa Manoela para que pudessem participar de uma promoção que teria como premiação conhecer a artista.

No entanto, para participar, as meninas teriam que enviar por meio do Messenger (canal de mensagem privadas da rede social) uma foto de calcinha ou de short de dormir “bem curtinho”.

O crime foi descoberto depois que uma menina de 10 anos, moradora de Cariacica (ES), foi pedir para que a tia a ajudasse a encontrar um short com tal característica. Desconfiada, a tia da garota perguntou para que a menina queria a peça e então descobriu o histórico da conversa no computador.

Imediatamente, a mulher denunciou a página. Ela também já foi ouvida pela polícia local. Como alerta para os demais pais e responsáveis, a tia da menina, Suelen Sousa, fez um post em sua página pessoal. A publicação já tem mais de 45 mil compartilhamentos.