Mulheres sauditas fazem música ironizando homens

Na Arábia Saudita, ser mulher é um desafio. Isso porque se você nascer mulher, você será controlada até a hora de sua morte. As mulheres sauditas, mesmo adultas, são proibidas de dirigir e precisam de um guardião para fazer qualquer coisa. Elas não aguentam mais viver assim, por isso algumas se juntaram e criaram essa música.

Para se ter uma ideia, todas as mulheres têm seu guardião. E ele pode ser seu pai, seu marido ou até seu filho. Basta ser um homem que vive com a mulher. Por isso, há mulheres sauditas de mais de 50 anos que devem responder à garotos de 16 e terem suas vidas ditadas por eles. O guardião que pode permitir ou negar coisas como: viagens da mulher, se ela pode ou não trabalhar ou até se elas podem abrir uma conta no banco.

LEIA MAIS
MULHERES DA ARÁBIA SAUDITA CONTAM SUAS VIDAS PARA O TIMES

A música se chama “Hwages” – palavra arábica para obsessões e é do artista saudita  Majed Al-Esa. Em pouco mais de uma semana, ela conseguiu mais de 2 milhões de visualizações.

Alguns dos versos da frase são: “que todos os homens desapareçam da face da terra”, “eles nos dão doenças psicológicas”, “você sente como se nenhum deles fosse são”. E o vídeo da música ironiza o modo como homens têm muito mais direitos e liberdades que mulheres, mostrando uma criança na direção de um carro e dois homens dançando em frente a um avião, enfatizando o fato de eles não terem essas restrições.