Você conhece as mulheres mascaradas do Irã?

Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC

A província de Hormozagan, no sul do Irã, está recheada de história. A região é lar do povo Bandari. Uma das maiores tradições do local é a das mulheres mascaradas. Ao invés das roupas tradicionais, as mulheres Bandari usam roupas e véus mais coloridos, mas é a máscara, que adorna as faces tanto das sunitas quanto das xiitas, que mais chama a atenção. Por causa dela, o povo Bandari é visto como fechado e inacessível.

As mulheres mascaradas estão aí há séculos. Não se sabe exatamente qual foi a origem das máscaras nas vidas das mulheres Bandari, mas acredita-se que tenha começado durante o Império Português, quando as moças tentavam evitar serem reconhecidas por donos de escravos.

Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC

As máscaras fazem parte da religião e da cultura das mulheres do sul do Irã, mas também ajudam a proteger os rostos delas do sol. Inclusive, máscaras similares podem ser encontradas no Omã, no Kuwait e em outras partes da Península Arábica.

As máscaras podem diferir em formatos, tamanhos e estampas. Há algumas que cobrem grande parte do rosto e outras que são menores e revelam mais na área dos olhos. O material também pode diferir, mas todas elas cobrem ao menos o nariz e a testa. Os habitantes locais de Hormozagan conseguem reconhecer o status social ou as origens de uma mulher apenas olhando para a sua máscara.

Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC

As mulheres mascaradas também podem usar uma máscara feita para a guerra. Ela é feita com um formato de bigode e foi criada há centenas de anos. O intuito dela é fazer as mulheres parecerem mais duronas e severas. Esse tipo de máscara ainda é usado, principalmente, por mulheres nos vilarejos das Ilhas Qeshm.

Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC

Hoje em dia, mais e mais mulheres jovens estão abandonando as máscaras e escolhendo usar apenas véus.

Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC
Crédito: Reprodução Rodolfo Contreras / BBC

Com informações de BBC