Especialista da ONU propõe 5 passos para fim da LGBTfobia

O especialista da ONU (Organização das Nações Unidas), Vitit Muntarbhorn propôs durante uma conferência mundial na Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bisessuais, Trans e Intersex (ILGA), na Tailândia, cinco passos para o combate contra a LGBTfobia: descriminalização, despatologização, reconhecimento de identidade de gênero, inclusão cultural e empatia. Tudo isso em escala global.

Vitit  é o primeiro especialista independente da ONU para proteção contra violência e discriminação baseada em orientação sexual e identidade de gênero

“Este novo mandato dá voz a nossa mensagem global: tratar as pessoas com decência, respeito, gentileza e humanidade, independente da origem”, afirmou durante o discurso, afirmando ainda que todos são convidados “a abrir seus corações e mentes para a beleza da diversidade”. Vititi lembrou ainda que o princípio da não discriminação foi  claramente abordado na Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948.

O especialista aponta que algumas medidas já foram tomadas para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), organizado para acontecer até 2030.