Assassinatos, estupros e outros crimes serão permitidos em novo reality show russo

Crédito: Reprodução/ Facebook

Imagine uma terra sem leis. É essa a proposta do reality “Game2: Winter”, segundo a declaração de um de seus organizadores, Yevgeny Pyatkovsky. “Tudo é permitido. Lutas, álcool, assassinato, estupro, fumar, qualquer coisa.”

A atração, que reunirá 30 participantes, entre homens e mulheres, em uma selva cheia de lobos e ursos, e temperatura que pode chegar a – 40 ºC, também permitirá que os participantes tenham com eles e façam uso de armas brancas, como facas e lanças.

A expectativa é de que o “show” dure 9 meses (de julho do próximo ano até abril de 2018). Para acompanhar a rotina dos que concordaram em participar serão instaladas 2 mil câmeras em aproximadamente 900 hectares. Quem sobreviver sairá, segundo os organizadores, com a quantia de 1,6 milhão de dólares.

Resistir a tudo, no entanto, não será tarefa fácil. Os criadores do programa afirmaram que toda e qualquer reivindicação feita pelos participantes será ignorada, ainda que lhes custe a vida. A única opção de sair do “jogo” é apertando o botão de pânico, que indica desistência.

As declarações geraram polêmicas entre os internautas. Mas os organizadores ressaltaram que todos os participantes concordaram com os termos de riscos e que estão cientes de que se cometerem crimes responderão por eles na Justiça.

Diante da polêmica criada pelo anúncio do reality, a polícia russa já se pronunciou e afirmou que irá interferir na atração caso haja indício de crimes.