Estupro no RJ motiva fotógrafo gaúcho a fazer book contra o crime

Crédito; Natan Silveira

Me chamo Natan Franklin Silveira, sou fotógrafo profissional na cidade de Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul, e trabalho na região por cerca de dois anos e meio. Meu estilo de trabalho sempre foi festas e books de 15 anos e casamentos. Mas há um tempo eu estava com a ideia de fazer um ensaio que denunciasse a cultura do estupro. E a ideia ficou ainda mais fixa na minha cabeça depois que vi a entrevista da menina estuprada por 30 homens, no Rio de Janeiro. A partir daí, eu não tive outra opção a não ser tirar essa ideia do papel.

Primeiro pensei nas imagens, de como seriam, depois pensei em quem poderia ser a modelo, nisso me veio em mente a Karine Belotti, por ela já ter trabalhado com agências de fotos sensuais. À Karine, agradeço de coração por ter topado fazer parte desse meu projeto e só tenho a dizer que és uma mulher corajosa.

Eu sabia que ia dar uma polêmica tremenda na cidade, mas tenho meu pensamento e gosto que respeitem.

A sessão durou em torno de umas duas horas e meia e foi muito profissional de ambas as partes. Fiz as fotos bem ao meu estilo, com fortes sombras para realmente impactar juntamente com todas as frases e mensagens deixadas nas folhas e no corpo da Karine. Meu intuito é sempre impactar mesmo que seja uma simples foto de um book de 15 anos.

Meu desejo, com esse trabalho, é que as pessoas que já sofreram com o crime de estupro vejam essas fotos reflitam e que caia a ficha de que elas não podem mais guardar para si esse tipo de atitude de certos homens. Peço e imploro para que denunciem, não fiquem mais caladas, vocês mulheres são a obra mais divina de Deus e seus corpos não são lixo.

Da minha parte é uma indignação tremenda com o tipo de homem que pratica tal barbaridade, revolta muita revolta. Desejo que essas fotos rodem o mundo e que cada homem que já cometeu esse crime tenha uma filha mulher.

Confira o ensaio:

Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira
Crédito: Natan Silveira